Splash Fitness - Academia em Blumenau / SC

‘Fomos muito bem recebidos’, diz casal em RO durante viagem pela América

Viajar, conhecer lugares novos e ter muitas aventuras; esse pode ser o desejo de consumo de muita gente, mas quem teria coragem de largar tudo por um ano e colocar o pé na estrada? O casal paulista Danilo e Bruna Fiori, de 27 e 29 anos, teve.

Danilo é publicitário e Bruna é psicóloga. Depois de um ano de casados, os dois resolveram fortalecer o relacionamento de uma forma diferente, então venderam tudo que tinham, juntaram o dinheiro que economizaram em seis meses, deixaram seus empregos e partiram de São Paulo (SP) para o extremo sul da América, onde esperam passar o réveillon antes de retornar à cidade natal, em uma viagem de mais de 50 mil quilômetros.

Para aproveitar melhor, decidiram começar pelo Peru, cruzando o Brasil pela rota mais longa possível, passando pelo nordeste e norte brasileiro. “Queríamos conhecer primeiro o Brasil”, disse o publicitário.

[Casal quando ainda estava em estágio de preparação para a longa viagem, em São Paulo (Foto: Danilo e Bruna/Arquivo pessoal)] Casal quando ainda estava em estágio de
preparação para a longa viagem, em São Paulo
(Foto: Danilo e Bruna/Arquivo pessoal)

Quatro meses depois da partida, o casal aportou esta semana em Porto Velho com o ‘Xoremba’, nome dado ao veículo adaptado que, desde abril deste ano, se tornou a casa do casal.

Na capital de Rondônia, quando buscavam um mecânico para o carro, os dois acabaram fazendo amizade com um grupo de aventureiros, que já realizaram o mesmo percuso e resolveram ficar mais tempo. “Fomos muito bem recebidos. Todos são muito cordiais, então resolvemos esticar um pouco mais nossa estadia por aqui”, diz Danilo, acrescentando que está se sentindo em casa.

O casal planeja partir de Porto Velho neste domingo (28), para a cidade de Rio Branco, no Acre, de onde segue na aventura pela América do Sul. Alguns dos recentes amigos de Porto Velho falaram ao casal sobre a experiência que é viajar pelos países sul-americanos. “Deram-nos ótimas dicas de locais e comportamento e, mesmo não sabendo falar muito bem o espanhol, acho que vamos nos sair muito bem”, diz Bruna, entusiasmada.

[Além de boas histórias, o casal coleciona belas fotos dos locais por onde passam (Foto: Danilo e Bruna/Arquivo pessoal)] Além de boas histórias, o casal coleciona belas
fotos dos locais por onde passam
(Foto: Danilo e Bruna/Arquivo pessoal)

Bruna salienta que as dificuldades fazem parte da viagem. “Essa viagem nasceu da nossa vontade de romper certas fixações, que às vezes a gente se obriga e da necessidade de viver, conhecer e de estar junto”. Essa é a justificativa que ela também usa no blog onde posta as inúmeras fotos registradas ao longo da jornada.

“Já temos mais de mil seguidores. Todos comentam e tem uma interação muito grande”, comemoram. Segundo Danilo, a proposta inicial era fazer um documentário, não sobre a viagem em si, mas sobre a diversidade cultural e dos povos, dentro e fora do Brasil, porém, ainda não está definido “ainda não sei se vai rolar”, diz.

Questionado sobre os riscos nas estradas, Danilo disse que o perigo é sempre presente, mas que a satisfação é muito maior, fazendo dos riscos um dos detalhes no longo passeio. “Em nossa passagem ppelo nordeste por exemplo, ladrões levaram nossas máquinas e computador. Era 11h da manhã e estávamos na praia da Barra Grande, foi muito triste, mas o episódio não marcou nossa viagem negativamente”, relata.